junho 09, 2008

Caos Aéreo

E o caos aéreo continua. Pelo menos aqui no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre. Há quase duas semanas que a coisa está assim: com chuva e baixa visibilidade não há pousos, sem pousos deixa de haver decolagens, o aeroporto fecha, há inúmeros cancelamentos e a coisa acaba interferindo nos demais aeroportos em efeito cascata pra quem quer vir pra cá ou sair daqui.
A informação é que os atrasos são por questões meteorológicas, mas o problema é a obra pra troca do equipamento que auxilia o pouso em condições de pouca visibilidade. O que era pra ter sido feito lá em março/abril só foi ser feito agora em junho, junto com o mau tempo do outono - chuva, cerração, frio. Segundo um representante da Infraero obra é assim: se sabe quando começa, mas nunca se sabe quando termina.
Mas eu resumo essa questão em falta de planejamento, pois foi isso que aconteceu. Não houve planejamento adequado dessa obra, não foi considerado que se houvesse um atraso iria entrar em um período do ano meteorologicamente complicado.
É o que eu digo: administrar não é pra amadores. A área pública tem que ser levada mais a sério por quem está nela. Os gestores têm que ser qualificados, escolhas baseadas em política, apenas, deixam nós, cidadãos, a mercê da própria sorte.
E como fica a situação dos milhares de passageiros que estão vivendo esse transtorno todo? Vão ter que enfrentar outro transtorno - judicial - para verem seus direitos respeitados, se assim o quiserem.

Saguão do Aeroporto Salgado Filho

Aeroporto
Foto publicada no Jornal Zero Hora.

2 comentários:

Lu Olhosde Mar disse...

q coisa.. a midia nao fala + nada disso...

Bailandesa disse...

E a gente aqui de longe nem ouve falr disso. Pensa que tá tudo resolvido.