abril 04, 2009

Centenário do Internacional

Saudações Coloradas!!!

É isso aí, há 100 anos surgia um grande time de futebol.



Photobucket
Fundação e primeiros anos

04 de abril de 1909- Fundação: Recusados em outros clubes, os irmãos paulistas Henrique, José e Luis Poppe fundam o Sport Club Internacional em 4 de abril de 1909, no número 141 da avenida Redenção (hoje João Pessoa).

18 de julho de 1909- O Inter desafia o Grêmio, mas é goleado no primeiro Gre-Nal: 10 a 0.

1913- O clube conquista o primeiro título de sua história, o Campeonato Metropolitano de Porto Alegre.

1915- Primeira vitória colorada em Gre-Nal: goleada de 4 a 1.

Anos 20

1925- A partir da década de 1920, o Inter abriu sua sede para ligas que davam lugar a jogadores negros, é o caso da famosa Liga da Canela Preta. O primeiro jogador negro a vestir a camisa colorada é Dirceu Alves, em 1925.

7 de setembro de 1927- O Inter derrota o Bagé por 3 a 1 e conquista o seu primeiro campeonato gaúcho, em 1927. Naquela época, o título era disputado entre o campeão da Capital e o campeão do Interior. O capitão do time era Barros.

Anos 30

15 de março de 1931- O Estádio Eucaliptos, primeira sede do clube, é inaugurado em 1931. O primeiro jogo é um Gre-Nal, que termina em vitória colorada por 3 a 0. Os três gols foram marcados por Jawel.

1934- Os anos 30 foram de vacas magras no Colorado. O time pouco pôde fazer frente ao Grêmio de Foguinho e Luiz Carvalho. O único título gaúcho na década veio em 1934.

Anos 40

Rolo Compressor:
- Depois de anos difíceis na década de 1930, o Inter formou um dos maiores times de sua história e conquistou oito títulos gaúchos entre 1940 e 1948 (só não ganhou em 1946). A escalação era extremamente ofensiva, com cinco no ataque: dois meias, dois pontas e um centroavante. A ampla participação de negros (enquanto o rival Grêmio seguia recusando-os) ajudou a fortalecer a ideia do Inter como o Clube do Povo. Destaque para o Carlitos, Tesourinha, Alfeu e Nena.

30 de setembro de 1945- Inter vence clássico Gre-Nal por 4 a 2 e passa a ter mais vitórias que o rival: 38 a 37. Desde então, o Inter sempre esteve à frente do Grêmio em número de vitórias nos clássicos.

Anos 50

1950- Para a Copa do Mundo de 1950, o Estádio dos Eucaliptos foi reformado e ganhou arquibancadas de concretos. Dois jogos do torneio foram disputados no estádio: México x Iugoslávia e México x Suíça.

Bodinho e Larry- Os anos 1950 viram o surgimento de um novo time, que entrou para história como o “Rolinho”, comandado pelo técnico Tetê. As grandes estrelas eram os goleadores Bodinho e Larry.

26 de setembro de 1954- Primeiro Gre-Nal do Estádio Olímpico, vitória histórica do colorado: 6 a 2, com quatro gols de Larry.

1957- Escolhido o hino do clube, Celeiro de Ases, composto por Nelson Silva.

Anos 60Negrito

6 de abril de 1969- O Inter inaugura sua nova casa, o Gigante da Beira-Rio (com Claudiomiro marcando o primeiro gol do estádio) e recupera a hegemonia estadual, depois de sete títulos seguidos do Grêmio.
Anos 70

1969-1976- Os anos 1970 foram de domínio massacrante do Inter no Rio Grande do Sul: oito títulos estaduais seguidos, feito até hoje jamais igualado. Neste período, foram disputados 40 clássicos Gre-Nais, com 18 vitórias do Inter, 18 empates e apenas quatro vitórias tricolores.

1975-1976- O Inter conquista o Brasil de forma consecutiva, com um timaço comandado pelo técnico Rubens Minelli. Em 1975, vitória na final sobre o Cruzeiro, com direito ao histórico gol iluminado de Figueroa. No ano seguinte, a vítima da decisão foi o Corinthians.

1979- O Inter levanta o Brasileirão pela terceira vez e de forma invicta, algo inédito até hoje. O técnico era Ênio Andrade, que comandou o Colorado em 23 partidas: 16 vitórias e sete empates. Na grande decisão, vitória de 2 a 1 sobre o Vasco, com gols de Jair e Falcão.

Anos 80

1980– Tri do Brasil, o Inter disputou a Libertadores e acabou vice-campeão, derrotado pelo Nacional-URU na decisão.

Anos difíceis: O Inter acumulou algumas decepções na década de 1980, como dois vice-campeonatos nacionais, em 1987, e 1988, em que perdeu o título para o Bahia, em pleno Estádio Beira-Rio. Para completar, uma eliminação também em casa nas semifinais da Libertadores em 1989 para o Olímpia.

12 de fevereiro de 1989- No Gre-Nal do século, o Inter vence por 2 a 1, de virada e com 10 jogadores em campo, e garante vaga na final do Brasileiro de 1988 e na Libertadores de 1989. Nilson fez os dois gols do Inter.

Anos 90 Negrito

10 de dezembro de 1992- Com um gol de pênalti de Célio Silva, o Inter vence o Fluminense no Beira-Rio e conquista o título da Copa do Brasil de 1992.

24 de agosto de 1997- O atacante Fabiano comanda o Gre-Nal 335 e o Inter faz 5 a 2 no Grêmio em pleno Estádio Olímpico, pelo Brasileiro de 1997.

Anos 2000

2002 - 2005– Inter retoma a hegemonia regional e conquista quatro títulos consecutivos.

10 de julho de 2004– Estreando com a camisa colorada, Fernandão marca o gol 1000 da história dos Gre-Nais na vitória de 2 a 0 sobre o Tricolor no Brasileirão de 2004.

2005– Depois de uma polêmica envolvendo a anulação de jogos pelo STJD, o Inter acaba o Brasileirão com o vice-campeonato e volta a disputar uma Libertadores.

2006– No ano mais glorioso de sua história, o Inter conquista os títulos da Libertadores e do Mundial, derrotando São Paulo e Barcelona nas finais, respectivamente. No Japão, o gol do título mundial é marcado pelo meia Adriano Gabiru.

2007– Mantendo a rotina de títulos internacionais, o Inter derrota o Pachuca e levanta a taça da Recopa, conquistando a tríplice coroa.

2008– O Inter bate o Estudiantes e se torna o primeiro clube brasileiro a ser campeão da Copa Sul-Americana.

Fonte: http://www.clicrbs.com.br/especial/rs/intercentenario/home
Parabéns a todos os colorados espalhados pelo mundo!!!

7 comentários:

janaina de almeida disse...

Parabéns Colorada pelo centenário!Saudações rubro negras,beijos.

janaina de almeida disse...

Denélope, voltei aqui para te desejar uma Feliz Páscoa, beijos.

HAZEL disse...

Olá!
Gosta de música dos anos 80?
Passe pelo meu blog, pois tenho lá uma festa a decorrer até Domingo à noite.
Está convidada!

Um abraço!

Vivi disse...

Denise :)
Obrigada pelo carinho amiga, como vc tá???
Bjokas e obrigada pelo elogia na foto ;)

Jôka P. disse...

DENISE,
um beijão do seu amigo Jôka !

Meire disse...

Denise, adorei receber seu comentario, e espero muitos outros.
Li q vc é gaucha, e hoje eu tenho uma gaucha respondendo a umas perguntas la no P&P, prestigie.

Bjs

Meire

To vendo que tenos amigas em comum.

tita coelho disse...

Oi Denise! Obrigada pela visita lá no blog! Vim conhecer o teu e tb gostei muito! Voltarei mais vezes!
Beijos